Resenha: A Cabana de William P. Young #1



Imagem da internet











Título: A Cabana
Autor: William P. Young
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção
Ano: 2008
Página: 240 páginas
Avaliação: Image and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPic



Sinopse

A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe... leia mais uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Uma tragédia se instala na vida de Mark, pois durante uma viagem que era pra ser perfeita, sua filha caçula Missy é sequestrada e assassinada brutalmente, por um assassino conhecido da policia, um homem que tem um padrão de vitimas e que sempre após um assassinato deixa um broxe de joaninha, uma espécie de “marca” deste. Mark tem mais dois filhos Kate e Joseph, e uma mulher adorável Nan, que carinhosamente chama Deus de papai.

Três anos depois do acontecido e sua família se encontra em um caos, Mark era um homem temente a Deus, e agora lhe faltam forças, não sabe o que fazer, esta completamente perdido, até que Mark recebe um convite para ir a cabana, a onde começa uma historia cheia de verdade e conhecimento, pureza, humildade e fé.

Este livro tem uma das historias mais lindas que já li, é excelente, e confesso que empaquei depois da tragédia, por pensar que a historia não ia ter a menor noção, foi nesse ponto em que eu estava enganada, Mark tem tanto a aprender quanto nós leitores, pois Willian mostra um Deus belo e cheio de amor, claro como deve ser, trás carinho, amor, esperança e acima de tudo fé, por que tudo o que acontece em nossas vidas tem um proposito, e cabe a nós aceitarmos de mente e coração abertos.

É uma lição diária ao qual passamos e nem nos damos conta, o autor trás a trindade de uma forma diferente, que afirmo só uma pessoa auto centrada poderia revelar, pois foge das doutrinas, tradições, costumes.

Amei me dedicar a ler este livro e recomendo a todos que leiam e que estejam preparados para receber o que o autor quer expor, que Deus é maravilhoso, que nunca abandona, e por mais que seja difícil, é compreensivo aceitar, por que tudo é do designo de Deus!



4 comentários:

  1. Respostas
    1. Realmente é muito bom e ao mesmo tempo triste, mas recomendo!!:D

      Excluir
  2. Olá, parabéns pelo post.
    tenho que ler logo este livro, ganhei de uma amiga faz tempo e ainda não o li. Apesar de diversos amigos e bloggers comentarem -bem ou mal- sobre este livro hihi
    estou seguindo o blog :)

    http://incriativos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Brigada!!! :D
    Espero que goste do livro é bem inspirador e nos faz pensar na vida de várias formas - Boa leitura!!!
    Brigada por seguir *-*
    Bjus!!!

    ResponderExcluir

Oii, agradeço a visitinha! espero que tenha gostado, sua opinião é muito importante!
Bjus!