Profecias de Daniel - Dois Poderes em Conflito #2

Imagem blog Coisas de Ana


Continuando nossa série de estudos sobre o livro de Daniel, hoje temos o tema:

Dois Poderes em Conflito.

Existem neste mundo dois poderes que lutam pela mente do homem. De que lado você está?
Abraão
Isaque (filho da promessa)
Jacó
12 filhos/tribos                                                                                    
Daniel tribo de Dã, a divisão surgiu com a morte do Rei Salomão   
  Jeroboão (10 tribos)
 *Samaria e Israel.
 Roboão (2 tribos)
 *Jerusalém e Judá
Síria dominava o mundo na época, ela tratou de destruir as 10 tribos, as outras duas tribos viviam sobre o domínio de Jeoaquim e foi destruída pela Babilônia.

Obs: Desde o principio da humanidade nações queriam governar nações, houve um tempo em que o Egito governava, em seguida os Assírios, nesta fase o povo de Deus estavam divididos em: Israel e Judá, essa divisão ocorreu porque o Rei Roboão foi um mal rei ordenou impostos abusivos para seu povo, pessoas aqueles que eram contra trataram de dividir o reino um Norte e o outro Sul.

                          Eloim                                                             Marduk
                 Salém (ierusalém)                                             Babel (Nirode)
                  Gênesis 14:18-19                                                Gn 10:8-10

Melquisedeque foi instituído antes do santuário do qual se fala no Êxodo, o santuário sempre existiu.

Ataque mental aos servos de Deus (serem cativos): Daniel 1:3-4; Caldeus é o mesmo que Babilônio, eles acreditavam em vários deus, eram Polissêmicos, um deus pessoal para cada pessoa.

Ataque físico: Daniel 1:5 (troca do alimento judeu pelas iguarias do Rei), carnes imundas que eram sacrificadas aos ídolos e bebidas alcoólicas.

Ataque espiritual: Daniel 1:7 (troca dos nomes):
Daniel (Deus é meu juiz) por: Beltessazar (divindade Bel – proteja a vida do rei);
Hananias (O senhor é bondoso comigo) por: Sadraque (inspiração ao deus sol);
Misael (Semelhante a Deus) por: Mesaque (servo da deusa Sheba);
Azarias (O Senhor é meu ajudador) por: Abede- Nego (o servo de Nebo).

Importância do nome:

Imagem blog Coisas de Ana

Se gostou comente!

Preparação para o tempo do fim: Jesus e o livro do Apocalipse #3

A lição da classe sabatina deste semestre falará sobre a Preparação para o tempo do fim, o tema desta semana foi   Jesus e o livro do Apocalipse deixarei um link para vocês estudarem o livro do profeta clique aqui, se você ainda não conhece a escola sabatina clique aqui e saiba!

Deixarei um vídeo aqui dos irmãos da igreja que realizam um trabalho maravilhoso que ensinam a palavra de uma forma clara e profunda!


                   

    Se gostou comente!

Top 5 cenas constrangedoras do cinema


Sabe aquela cena de filme que você vê e diz: “Isso não aconteceu né!?” "Eu não vi isso, vi?", "Mas o que foi isso?" ou então rir desesperadamente e por este motivo listei top 5 cenas constrangedoras que mais me fizeram rir ou ou ficar com aquela cara de tacho depois de ver, leiam ao post e depois confiram o vídeo com as cenas logo abaixo. 

Filme D.U.F.F você conhece, tem ou é, é um filme de comédia adolescente Norte Americano na qual a jovem Bianca descobre que foi escolhida pelas amigas de colégio como uma D.U.F.F., uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas quando comparadas. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar seu visual.

A cena mais constrangedora do filme é com certeza quando Bianca distrata seu professor Arthur (claro sem saber que é ele).

Filme A Proposta, Margaret é uma poderosa editora de livros que corre o risco de ser deportada para o Canadá. Para poder permanecer em Nova York, ela diz estar noiva de Andrew, seu assistente. O jovem aceita ajudá-la, mas impõe algumas condições, entre elas ir para o Alasca e conhecer sua família excêntrica. Com um oficial da imigração sempre à espreita, Margaret e Andrew têm que seguir o plano de casamento apesar de diversos problemas.

A cena mais constrangedora de todo o filme é quando Margaret e Andrew dão uma trombada pelados (é hilária a cena).

Filme Como agarra o seu Ex-Namorado, Stephanie perde o emprego e passa a trabalhar como caçadora de recompensas. Agora, além de se adaptar a uma nova função para a qual não tem nenhum preparo, ela precisa capturar seu ex-namorado dos tempos de colégio.

A cena em que Morelli prende Stephanie pelada no banheiro e ela pede ajuda para o Ranger (eu simplesmente amo esse filme, leia a crítica aqui e os diálogos marcantes do casal aqui).

Filme Caçador de Recompensa, Milo Boyd é um ex-policial que se tornou caçador de recompensas. Sua missão é prender a repórter Nicole, que também é sua ex-esposa. Ele acaba descobrindo que tem mais gente atrás dela em função de uma reportagem sobre um possível assassinato. Os dois ficam na mira dos criminosos e decidem se juntar para escapar do perigo.

A cena em que Nicole está presa na cama e tenta pegar a arma de Milo (essa cena com certeza uma das mais constrangedoras do mundo!).

Filme Homem Aranha 3, O relacionamento entre Peter Parker e M.J. parece estar dando certo, mas outros problemas começam a surgir. A roupa de Homem-Aranha torna-se preta e acaba controlando Peter, que apesar de aumentar seus poderes, revela o lado obscuro de sua personalidade. Os vilões Venon e Homem-Areia tentam destruir o super-herói.

A cena mais estranha e sem noção é quando Peter influenciado de certa forma por Venon sai dançando na cidade (essa cena é muito perturbadora kkkk).



                

       Se gostou comente.

Resenha Explicando Deus numa corrida de Taxi #14









Sinopse: Sem a moral das religiões estabelecidas, o autor embarca o leitor na polêmica em torno daquilo que está além da vida e nos sustenta diante da morte. Para isso, usa o poder de síntese e faz os religiosos, os espiritualistas e mesmo os que se consideram ateus refletirem. Mas sem as palavras, os sermões, as exigências ou promessas que os credos tradicionais apregoam. Paul Arden examina a relação do homem com o divino de maneira objetiva, no percurso de uma corrida de táxi.

Avaliação: Image and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPic



“Sem a moral das religiões estabelecidas, o autor embarca o leitor na polêmica em torno daquilo que está além da vida e nos sustenta diante da morte. Para isso, usa o poder de síntese e faz os religiosos, os espiritualistas e mesmo os que se consideram ateus refletirem. Mas sem as palavras, os sermões, as exigências ou promessas que os credos tradicionais apregoam. Paul Arden examina a relação do homem com o divino de maneira objetiva, no percurso de uma corrida de táxi”.

Explicando Deus numa corrida de taxi é tudo isso mesmo que o titulo já sugere. Paul é tão centrado em se dinâmico e irreverente que explica nosso criador em 40 minutos, pois foi esse o tempo em que levei para ler esse singelo livreto, que gostei do inicio do fim. Paul consegue explicar o assunto mais discutido no mundo a existe de Deus, sem ser importuno, indaga sobre fé, milagre, bíblia, religião, ateísmo, fundamentalismo, dinheiro e até mesmo quem poderia fazer o papel do Deus em um filme como o Johnny Depp, por exemplo, (mas duvido que ele fosse aceitar), mas isso é outro caso.

Enfim um livro excelente, rápido, divertido e verídico.


Se gostou comente.

Li até a pagina 100 #3 A Viagem do Tigre.

Imagem da Internet


Criado pelo blog "Eu leio, eu conto", Li até a página 100..., consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página.  Estou lendo o livro: A Viagem do Tigre.

Primeira frase da página 100: “Nilima disse que eu estava maravilhosa, mas eu tinha certeza de que passaria a noite toda puxando o vestido para tentar manter a perna minimamente coberta”

Do que se trata o livro? Este é o terceiro de uma serie que conta a historia de dois irmãos que foram amaldiçoados e que agora são Tigres, este trata da corrida a busca dos presentes da Durga para quebra maldição que paira sobre os irmãos com a ajuda da desejada pelos dois a Kelsey.

O que está achando até agora? Intrigante e ao mesmo tempo triste, com a distancia do Ren e da Kelsey e agora o Kishan todo diferente dos dois primeiros volumes da serie, o sentimento que paira até agora é de distancia e frieza entre eles, mas eu tenho certeza que a coisa vai melhorar.

O que está achando dos protagonistas? O Ren com certeza esta muito diferente claro por causa de todo o lance que rolou no segundo livro e o Kishan também esta muito bonzinho e definitivamente não combina com ele, gosto do cara mais atrevido e ardiloso e consequentemente a Kelsey também esta diferente mais chorona e medrosa. Kadam e Nilima são os mesmo e Lokesh claro muito mal e só apareceu no começo ainda bem.

Melhor quote até agora: “Deve ser ótimo simplesmente apagar o seu erro. Escolheu a garota errada? Tudo bem – basta marcar e deletar. Essas lembranças chatas não vão mais incomodar. Você podia vender essa pílula e ficar bilionário. Tanta gente já fez coisas e ficou com pessoas que gostaria de excluir da memória. Esquecer por completo. Apague sua memória! Pague uma e leve duas. Oferta por tempo limitado!” Pág 61

Vai continuar lendo? Claro quero saber tudo dessa nova aventura que parecer ser maravilhosa, agora com Dragões, não vou deixar de ler por nada e também quero saber com que a Kelsey vai ficar e se eles vão chegar bem fundo no lance da maldição.


Última frase da página: “Com o ar de pai orgulhoso, ele nos conduziu até a árvore dos desejos, pegou duas tiras coloridas de papel e as ofereceu para cada um de nós”.

Se gostou comente.

Crítica: A Múmia #16

Imagem da Internet



Sinopse: Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet (Sofia Boutella) tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo.  Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba. Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton (Tom Cruise) e Chris Vail (Jake Johnson), saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades. Ao lado da pesquisadora Jenny Halsey (Annabelle Wallis), eles investigam a tumba recém-descoberta e, acidentalmente, despertam Ahmanet. Ela logo elege Nick como seu escolhido e, a partir de então, busca a adaga de Set para que possa invocá-lo no corpo do saqueador.

Avaliação: Image and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPic



Quem mais ai se sentiu envolvido pelos elementos de Assassino Creed, anjos da noite e o medico e o monstro, mais era uma múmia, talvez seja culpa do telespectador que esperou, esperou e não presenciou um dos clássicos do cinema deslanchar, chego à conclusão de que a culpa não é do telespectador que espera um clássico, mas a Múmia é fraco e não agrada.

Ação, socos, mocinhas, dinheiro, traições é a combinação perfeita de Tom Cruise, mas lidar com uma Múmia não foi tão fácil assim, um filme confuso, sem didática, sem grandes cenas e emoções.

MUMIA GIF

Sei que o filme não é um remake de A Múmia de 2000, porém quando se tanta realizar um filme nas mesmas proporções, você espera efeitos sonoros e visuais bem acima da media e atuações que lhe prendam no filme, talvez você fique até o fim para ver se não vai ter mais erros de produção e você constata que tem, e tem muitos.

A pegada e modinha zumbi não quer deixar o imaginário de muitos diretores, confesso que muitas vezes o longa leva a The Walking Dead, Anjos da noite, Assassino Creed e Médico e o Monstro.

O filme se assemelha ao de 2000, arqueologia, curiosos, romance, múmias (claro), ouro, poder, mas não passa disso, ainda admiro o clássico Múmia de Brendan Fraser.

Tom Cruise é Tom Cruise, que não se achou no roteiro e nem em meio a nada no filme, culpa dele? Não! Mas enfim encarar uma Múmia de 3.000 anos não deve ser fácil.

SPOILLER:

Total desnecessário as visões que (nome de tom no filme) tinha do seu amigo morto! Uma coisa bem inútil e sem contexto para um filme dessas proporções, algo até mesmo tosco.

A cena:

Ela não deu o ar da graça, de verdade o filme não teve qualquer cena que se destaque, tudo era simples, confuso e previsível.


Sem mais nada a dizer, então se gostou comente.